Neeo Odontologia

  • Implante
  • Principais benefícios com Implantes

Principais benefícios com Implantes

O prof. Dr. Rafael Zetehaku Araujo é capacitado em planejamento virtual em Implantodontia, aonde todo o planejamento cirúrgico e de instalação de implantes é realizado de forma virtual computadorizada. Desta forma é possível antever a cirurgia e planejar adequadamente a posição e que tipo de implante deverá ser utilizado, otimizando os resultados estéticos e funcionais pós-operatórios, aumentando a longevidade e previsibilidade do tratamento, diminuindo tempo e riscos de complicações durante a cirurgia e diminuindo custos do tratamento.

Os tratamentos com implantes hoje são previsíveis e com baixa morbidade e mínimo desconforto ao paciente, graças as técnicas mais evoluídas e materiais de ponta, trazendo resultados rápidos e com grande satisfação dos pacientes.

Os implantes são indicados para pacientes com perdas dentárias e restabelecem a estética e a função mastigatória dos dentes, melhorando a qualidade de vida e a autoestima. O tratamento é feito com planejamento virtual e técnicas modernas, inclusive com a realização de reconstruções com enxerto ósseo, quando o paciente não apresenta estrutura óssea disponível para o implante.

É possível utilizar exames de tomografia para definir o posicionamento e o tipo de implante mais apropriado para cada paciente. Dessa forma, o procedimento se torna mais seguro, personalizado e com resultados previsíveis e satisfatórios.

Principais benefícios do tratamento com implantes

Veja abaixo os principais tipos de implantes dentários e quais são usados em cada situação.

 

  • Implante Unitário

Nesse modelo, o dentista substitui a raiz do dente colocando o pino de titânio e posteriormente confeccionando um dente artificial de porcelana, substituindo a coroa do dente, parte que vemos. Se a pessoa tiver perdido poucos dentes não sequenciais esse é o método mais indicado.

O sucesso para implantes unitários está sempre no tempo. Isso ocorre porque o paciente necessita ter massa óssea suficiente para suportar o implante. Se a pessoa perder o dente e deixar aquele espaço por muito tempo, as chances de perda óssea são grandes, tornando a colocação do implante mais complicada.

  • Implante com Prótese Protocolo

Esse modelo é muito usado quando grande parte dos dentes está comprometida. Nesse modelo, são necessários de 4 a 8 implantes que irão suportar a prótese de resina. O resultado final costuma ser muito satisfatório porque a prótese é fixa, o que gera segurança de mastigação. Depois de finalizado o tratamento, o principal cuidado que o paciente deve ter é com relação a higiene. Não é porque os dentes naturais não existem mais, que os problemas com a higiene não vão surgir. Lembre-se: as gengivas também adoecem e além de comprometer a estrutura óssea, podem levar a perda do implante.

  • Implante com Prótese Overdenture

A principal vantagem desse modelo é o preço. Para fixar a prótese de resina, o dentista usará menos implantes – de 2 a 6 em média. Funciona como uma dentadura fixa por meio de uma barra que liga os pinos à prótese. Oferece segurança na hora das refeições e ainda facilita a limpeza porque o paciente pode remover para higiene.

 

Resultados

Embora já existam implantes de carga imediata, ou seja, aqueles que em 30 dias o paciente já recebe a prótese definitiva, a maioria dos casos não funciona desta forma. Como o titânio é absorvido pelo osso, é necessário aguardar alguns meses até que a prótese definitiva possa ser colocada. Esse tempo varia entre 4 e 6 meses. Mas, calma, você não vai ficar sem dentes nesse período. O dentista coloca uma prótese provisória, que substitui bem os dentes, possibilitando que o paciente tenha uma vida normal enquanto aguarda que ocorra a osso-integração.

Implantes dentários: como recuperara a mastigação, autoestima e o sorriso?

Com capacitação em planejamento virtual em Implantodontia, o Dr. Rafael explica que é possível planejar através de tomografias e s computadorizada, a posição, o tamanho e que implante deverá ser utilizado, otimizando os resultados estéticos e funcionais pós-operatórios. Isso aumenta a longevidade e a previsibilidade do tratamento, diminuindo tempo e riscos de complicações durante a cirurgia.

Dr. Rafael Zetehaku explica ainda: Um fator fundamental no sucesso é instalar o implante dentário na melhor posição para receber a futura prótese. Em muitos casos, quando o paciente perdeu o dente há algum tempo, ocorrerá uma atrofia óssea, não existindo osso disponível suficiente para instalar o implante.

Nesses casos, é necessário fazer uma reconstrução com enxerto ósseo antes da colocação do implante. Outro fator fundamental para o sucesso é utilizar uma marca de implante que tenha qualidade e esteja entre os melhores materiais do mundo. Infelizmente muitos profissionais, para reduzir os custos da cirurgia, utilizam implantes de marcas de baixa qualidade, o que aumenta e muito as chances de insucesso e perda dos implantes a curto ou longo prazo. Além disso, o que muitos pacientes não sabem, é que eles devem ser acompanhados durante anos após a instalação dos implantes para fazer a adequada manutenção e higienização das próteses sobre implante, garantindo longevidade ao tratamento realizado”.

Dr. Rafael Zetehaku Araujo (CRO 14.198) 

Doutorado em Implantodontia (UFU)

Mestre (USC, Bauru) e Especialista (HC-UFMG) em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial

Habilitado em Odontologia Hospitalar

AO/CMF Fellow, Basiléia, Suíça

Pós-graduado em Cirurgia Oral (UFMG e IES) e em Implantodontia (PUC-MG)

Graduado em Odontologia (UFMG)

Coordenador dos cursos de Implantodontia e Cirurgia Oral do NEEO