Periodontia

A doença periodontal é uma doença que afeta desde a gengiva até o osso que envolve e suporta o seu dente. Os três estágios da doença periodontal, que varia do menos ao mais grave, são gengivite, periodontite e periodontite avançada.

Sinais e Sintomas


Causas

Bactérias da placa bacteriana(biofilme dental), uma película pegajosa e incolor formada sobre os dentes, causam as doenças periodontais. Caso a placa não seja removida, ela pode endurecer e se transformar em tártaro (cálculo dental), que por sua vez facilita o acúmulo de mais placa. A escovação ou o uso do fio dental não remove o tártaro (cálculo dental); apenas um dentista poderá faze-lo por meio de uma limpeza profissional (raspagem).


Diagnóstico

Caso não seja removida por meio de escovação ou pelo uso diário do fio dental, a placa (biofilme dental) se transforma em tártaro (cálculo dental), que possui uma superfície áspera e retentiva facilitando assim a retneção de mais placa. As bactérias dessas regiões podem infectar a gengiva e dentes, induzindo a perda de osso. Existem três estágios da doença periodontal:

Gengivite – Esse é o primeiro estágio da doença. É a inflamação da gengiva, causada pela placa bacteriana. Você poderá observar vermelhidão ou inchaço da gengiva ou até sangramento durante a escovação ou uso do fio dental. Nesse primeiro estágio, a doença periodontal pode ser revertida desde que o osso e os ligamentos periodontais que seguram o dente no lugar não tenham sido afetados.

Periodontite – Nesse estágio, o osso de apoio e as fibras que seguram os dentes no lugar estão irreversivelmente danificadas. A gengiva começa a formar uma bolsa embaixo da margem gengival, que favorece o crescimento da placa . Um tratamento periodontal adequado e melhoria da higiene bucal normalmente ajudam a evitar mais danos à gengiva, aos tecidos de suporte e ao osso.

Periodontite avançada – Nesse estágio mais avançado da doença periodontal, as fibras e o osso dos seus dentes estão sendo destruídos, e isso pode fazer com que o seu dente se movimente ou fique mole. Isso pode afetar a sua mordida e a forma como você se alimenta ou se comunica. Se o tratamento periodontal não puder salvá-los, os dentes deverão ter que ser extraídos.


Prevenção

Escovação e uso do fio dental adequados ajudam a prevenir a doença periodontal. O uso de cremes dentais e enxaguantes bucais com agentes antibacterianos pode matar as bactérias e diminuir a quantidade de placa em sua boca. Remover a placa bacteriana é a chave para prevenir a doença periodontal e melhorar a saúde bucal.


Tratamento

Uma raspagem supragengival feita pelo seu dentista é a única forma de remover a placa que se calcificou e se transformou em tártaro (cálculo dental).
Caso a doença periodontal esteja em um estágio mais avançado, raspagem e alisamento radicular podem ser realizados para tratar as bolsas periodontais infectadas e a diminuir assim a inflamação da gengiva. O dentista utiliza um dispositivo chamado ultrassom para remover a placa bacteriana, o tártaro (cálculo dental) e restos de alimentos acima e abaixo da margem gengival, ou optar pela raspagem manual, com instrumentos chamados curetas, para tornar as superfícies dos dentes lisas. Se as bolsas periodontais tiverem mais de 5 milímetros de profundidade, ou seja, se você tem periodontite moderada a severa, uma cirurgia periodontal poderá ser realizada por um periodontista a fim de reduzir as bolsas, bem como enxerto ósseo para restaurar o osso perdido.